segunda-feira, 24 de maio de 2010

FOUND!

Poxa vida...
Acabei de ver o fim de Lost. Poxa vida!
Lembro que eu e o Julio começamos a ver essa série quando pouquíssimas pessoas conheciam, em julho de 2005, no intervalo entre a primeira e a segunda temporada. Vimos a primeira temporada inteira em uma semana! Devoramos! Era sensacional! Aí, a partir da segunda, acompanhamos todos os episódios de acordo com a programação de lá, não daqui. Ele baixava horas depois de passar na tv americana e viamos aqui, na mesma semana, sem quase delay nenhum.
Claro, depois das duas primeiras temporadas, surgiram milhõoooes de perguntas! Milhões! E aí foi divulgado que a série teria seis temporadas, ou seja, só terminaria em 2010.
"DOISMILEDEZ??? Cês tão ficando doidooos!! São mais 4 anos de perguntas!! Vai demorar uma eternidade!!!"
E demorou. Enquanto isso, os episódios iam passando, as temporadas acabando e começando, e todo mundo se acompanhando as outras tantas e tantas perguntas que surgiam! Essas duas últimas temporadas, então... Aff.... Eles fingiam que explicavam e eu fingia que entendia.
Mas aí o dia de hoje chegou! I'm LOST freee!!! Acabou! Fim! E foi ótimo. Valeu a pena acompanhar esses seis anos pra ver esse final tão bonito. Eu achei isso: bonito. Tocante. Me emocionou. Até chorei heehehe
E mais: descobri que não interessam as respostas, mas sim as perguntas. A riqueza da série está aí, em questionar sobre tudo aquilo e mais um pouco.
Quem assistiu tudo e se envolveu com a narrativa tem duas opções para o final: amar ou odiar. Simples assim. Eu amei.

Beijos!

UP: Eu não preciso fazer um mega post sobre Lost dizendo tudo o que penso: o Pablo Villaça fez isso por mim. Se esse texto não fosse dele, seria meu.

Um comentário:

  1. Há seis anos atrás, meu noivo insistiu pra eu ver só o piloto do Lost, que a partir daí, ficaria viciada. Eu relutei, achando que era bobo demais, mas enfim cedi. Batata! Era como vc Dan. Baixava logo no dia seguinte. Aprendia a embutir legenda e tudo. Ontem, chorei horrores, até solucei em certas ocasiões!
    O que mais me tocou em Lost foi, logo depois que vi a primeira temporada disse pro meu noivo, que era uma séria sobre pessoas, com seus dramas e tudo mais, como a gente!
    Quando terminei de ver o último episódio, eu fiquei uns minutos olhando pra aquela tela preta, chocada. Não sabia o que pensar, mas sabia que tinha amado! Vou ver muitas vezes esse episódio, vou rever as temporadas porque dá uma saudade grande...
    Bjo

    ResponderExcluir