terça-feira, 13 de outubro de 2015

Segóvia

Outro bate-volta que resultou em um dia perfeito. 
Segóvia fica a menos de 100km de Madri, é bem menor que Toledo, mas igualmente charmosa. Aliás, acho até que tem algumas características que me agradaram mais. Por exemplo, achei a cidade mais movimentada, mais "moderna", mais gostosinha, heheheh. O dia foi lindo.


O aqueduto logo na entrada é impressionantemente bem conservado, considerando que é do século 1. 



Mas a graça é tirar foto de tudo quanto é ângulo, portando, me aguentem.




Nalu sendo linda até em Segovia.


La plazita Mayor da cidade. Muito fofinha.

No meio dessa praça tem um coreto onde a Nalu conheceu uma pimpolha húngara uma coooooisa de fofura. Com muita saudade de brincar com criança, as duas ficaram amigas instantaneamente. E conversaram!



E me deram umas fotos tipo Vogue Kids.

A Catedral fenomenal.

Chega a hora do almoço e, obviamente, não perderíamos o cochinillo segoviano por na-da. Recorri ao Foursquare que me deu essa como a primeira opção:

 Pois é.

Levam a sério a tal da siesta em Segóvia.

Mas olha só, rolou o cochinillo.
E é realmente ótimo. Eu não queria que Nalu visse ele assim, o pobrezinho, ela viu e nem ligou, mandou pra dentro. Tô criando um avestruzinho.

O Alcázar parece castelo de alguma princesa mesmo. É lindo. Queria ter descido alguns quilômetros pra fazer umas fotos como as que eu vi pela internet afora, mas esse céu cinza deixou a gente meio com medo. Nalu dormia e, pra fazer uma foto como esta, precisaríamos descer muito e subir muito depois. Fiquei com outras vistas e já valeu a pena.




Não choveu e nem parecia que houve céu cinza quando voltamos ao aqueduto para pegarmos o ônibus de volta à estação de trem. Bonito agora era a sombra no asfalto.



Quando voltarmos para Madri, será o último dia.
Buá!

Beijo!

Um comentário: